Subscribe Now

* You will receive the latest news and updates on your favorite celebrities!

Trending News

26 Maio 2020

Perfil

Clarissa Garotinho Barros Assed Matheus de Oliveira, natural de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, está em seu segundo mandato na Câmara de Deputados, eleita pelo PROS. Nessa legislatura, integra a Comissão de Constituição e Justiça, a mais importante da Casa, e é membro suplente da Comissão de Viação e Transportes.

Jornalista, formada pela Faculdade Hélio Alonso (RJ), atuou em várias emissoras de rádio e iniciou cedo a carreira política. Dirigente da União Nacional dos Estudantes (UNE) aos 20 anos, vereadora mais jovem da capital aos 26, deputada estadual mais votada aos 28; deputada federal mais votada no Brasil aos 31 anos, reeleita aos 35, Clarissa sempre levantou bandeiras pelas causas da mulher, dos jovens, da saúde, da educação e, principalmente, atuou em defesa do Estado e da população fluminense.

Na Câmara Municipal, foi coautora do Plano Diretor do Rio e do código de ética para os vereadores. Também propôs a redução do recesso na Câmara Municipal de 90 para 45 dias. Foi autora ainda da proposta que reservou parte dos recursos destinados à revitalização da zona portuária para recuperação de prédios históricos. Medida que ajudou a salvar boa parte do patrimônio local.

Ao assumir a Assembleia Legislativa, aprovou por unanimidade o projeto do primeiro emprego para os jovens, fiscalizou hospitais públicos e cobrou melhorias na área da saúde, além de criar blitzen nas escolas pela melhoria da educação. Como presidente da Comissão de Assuntos Municipais, promoveu audiência pública sobre os temas importantes para o estado, como a duplicação da BR 101, a derrubada da Perimetral e as condições do elevado do Joá.

Em apenas um ano à frente da Secretaria de Desenvolvimento, Emprego e Inovação da Prefeitura do Rio, em 2017, reabriu os restaurantes populares de Bangu, Campo Grande e Bonsucesso; criou o programa Oficina do Emprego, que ofereceu mil vagas para qualificação; e reformulou o programa Naves do Conhecimento, incluindo cursos de robótica e games para preparar jovens para o mercado atual de trabalho.

Como deputada federal, tem tido atuação destacada em várias comissões, como a de Constituição e Justiça, a mais importante da casa, da qual é titular, e tem lutado para que o Rio de Janeiro obtenha tratamento especial como ocorre em várias cidades do mundo que foram capitais, como São Petersburgo, na Rússia, e Bonn, na Alemanha.

Neste sentido, apresentou projeto em 2019 que pode compensar o Rio pela perda da condição de capital e posterior fusão com o antigo Estado do Rio, movimentos que estão na raiz dos problemas que levaram o estado à atual crise econômica e social. Trata-se da Proposta de Emenda Constitucional 148/ 2019, chamada de PEC da Reparação, para dividir com o Rio o fundo constitucional que Brasília recebe da União, apesar de cobrar impostos como qualquer outro estado e ter hoje a maior renda per capita do país.

Clarissa é casada com o empresário Marcos Alvit, pai do Bernardo, de 10 anos, e juntos, têm o Vicente de 3 anos.

Destaques